Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Insensatez de Menta e Chocolate

Insensatez de Menta e Chocolate

Regras para a Vida de Olivia Joules

1) Nunca entres em pânico. Pára, respira fundo, pensa.
2) Ninguém está a pensar em ti. Eles estão a pensar em si próprios, tal como tu.
3) Nunca mudes de penteado nem de cor de cabelo antes de um acontecimento importante.
4) Nada é tão mau ou tão bom quanto possa parecer.
5) Não faças aos outros aquilo que não gostarias que te fizessem a ti, por exemplo, Não matarás.
6) É melhor comprares uma coisa cara de que gostes mesmo de que muitas coisas baratas de que gostes assim-assim.
7) Quase nada é realmente importante: se ficares triste, pergunta a ti própria: "será que é realmente importante?".
8) A chave do sucesso é sabermos levantar-nos depois de cairmos.
9) Sê honesta e generosa.
10) Só compres roupa que te faz sentir vontade de dar uns passinhos de dança.
11) Confia no teu instinto, não na tua imaginação hiperativa.
12) Quando te sentires abalada por uma tragédia, verifica se se trata realmente de uma tragédia, fazendo o seguinte:
       a) pensa, "Oh, que se lixe"

       b) olha para o lado bom, e caso isso não resulte olha para o lado engraçado.
       Se nada disto der resultado, então talvez seja mesmo uma tragédia e deves consultar os números 1 e 5.
13) Não esperes que o mundo seja seguro. Nem a vida justa.

14) Às vezes tens de te deixar ir na corrente.

15) Não te arrependas de nada. Lembra-te de que, sendo tu quem és e as circunstâncias da vida num dado momento, as coisas não poderiam ter acontecido de maneira diferente. A única coisa que podes mudar é o presente, por isso aprende com o passado.
16) Se te começares a arrepender de alguma coisa e a pensares, "Eu deveria ter feito ... " acrescenta sempre, "mas nesse caso, poderia ter sido atropelada por um camião ou ter sido mandada pelos ares por um torpedo japonês." 
 

Extrato de "A imaginação hiperativa de Olivia Joules" escrito por Helen Fielding e com tradução de Alice Rocha. 

 

PS: Partilho isto aqui porque se algum dia tivesse feito uma lista, queria ter escrito exatamente a mesma coisa.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D