Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Insensatez de Menta e Chocolate

Insensatez de Menta e Chocolate

Ter demasiada saúde e já ser grande

Entre o conjunto de regras de  "bom tom",  há uma que diz: "pessoa produtiva que se preze deve afirmar que dorme no máximo umas 4 horas por noite, se tanto".

 

Parece que dormir é um privilégio, quase como comprar um carro novo.

 

No entanto, ainda é grátis, os dias não ficaram mais curtos, nem são mais pequenos aqui por causa da crise.

 

Em tempos trabalhou-se de sol a sol, mas quando não havia sol as pessoas dormiam.

 

A privação do sono é uma forma de tortura, usada em diversas "civilizações", e os pais cujos filhos não os deixam dormir à noite sabem que dormir lhes faz falta e não teriam qualquer problema em afirmar que dormem 8 horas por noite se o conseguissem.

 

Assim como eu também gostaria de o fazer, mas no meu caso o que não me deixa dormir são apenas as restantes 16.

 

Tendo em conta que os nossos recursos para criar luz sempre foram limitados e a nossa capacidade de ver no escuro nula, diria que essa questão de dormir pouco se resume a eletricidade a mais.

 

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D